Dra. Daniela Schmidt Pimentel explica a causa das manchas e dá dicas simples para evitar o problema

O aparecimento de manchas na virilha é um problema feminino recorrente e que, por incomodar bastante, costuma fazer as pessoas reviverem receitas caseiras. Por causa da sua localização, a virilha é um local que sofre atrito constantemente e, por isso, é mais propensa a apresentar quadros de irritação intensa. Para se proteger desse atrito, a pele cria camada espessa que escurece com facilidade.

A maior vilã nesse caso é a depilação. A dermatologista Daniela Schmidt Pimentel explica que tanto a lâmina quando a cera podem causar traumas locais de repetição, o que gera uma pequena inflamação local, uma vermelhidão logo após a depilação, que evolui para o escurecimento da área, configurando uma hipercromia residual pós-inflamatória. Nesses casos o sol é um dos piores inimigos, como alerta a dermatologista. “É importante evitar tomar sol na região, porque isso piora as manchas”, explica.

“É sempre muito importante consultar um dermatologista que para ele faça uma avaliação e decida qual a melhor forma de tratar o problema”, explica Daniela. No de problemas com a depilação o indicado é recorrer à técnica de eliminação dos pelos a laser para cessar o trauma, o que já acaba clareando a área gradativamente. “Com acompanhamento do dermatologista, é possível clarear ainda mais as manchas com o uso de produtos tópicos contendo agentes despigmentantes”, afirma ela.

Para evitar o problema a dica é fugir dos desodorantes e cremes com álcool, usar e abusar dos protetores solares e cremes hidratantes e usar roupas menos coladas ao corpo para não intensificar o atrito.

 
Fonte: Portal ORM

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Cadastrar