Após grandes emagrecimentos, alternância de períodos de ganho e perda de peso ou com o passar da idade, é comum que ocorra um abaulamento flácido da porção posterior do braço. Isso se deve ao excesso de pele formado pelo estiramento desta durante o período de sobrepeso ou da perda de turgor da pele devido à idade. Por ser a pele posterior do braço relativamente fina, ela não contrai o suficiente após a perda ponderal, acarretando o excesso de pele local.

A prática de exercícios regulares e direcionados aos músculos dessa região melhora bastante o aspecto estético dos braços, porém se a flacidez já estiver em um grau muito elevado, os exercícios não irão resolver, sendo a plástica dos braços a única alternativa para melhorar a aparência estética deste local.

A dermolipectomia braquial também chamada braquioplastia ou lifting braquial visa retirar o excesso de pele, proporcionando um contorno de braço mais natural e menos flácido.

 

Indicações

Flacidez de braços pós alternância de peso ou grandes perdas ponderais.

 

Cuidados pré-operatórios

O paciente deve passar em consulta com seu médico quantas vezes forem necessárias para que realize o procedimento sem qualquer dúvida a respeito da cirurgia e dos resultados.

Exames pré-operatórios normais também são fundamentais para a programação de cirurgia.

 

Sobre a cirurgia

A dermolipectomia braquial pode ser feita com incisão axilar, quando a flacidez for leve ou moderada. Em casos de grande flacidez, deve-se fazer a cirurgia com a cicatriz no sentido longitudinal e extensa, que se estende até o cotovelo.

Quando além da pele distendida há ainda gordura, associamos lipoaspiração previamente à retirada da pele.

 

Cuidados pós-operatórios

No pós-operatório o paciente deve evitar o excesso de movimentos, principalmente levantar os braços por 30 dias, visto que a cicatriz que se encontra na axila será forçada nestes casos. Quanto menor for a tração sobre a cicatriz, menor será o seu alargamento.

Dentre as complicações possíveis podem ser citados: hematoma, seroma, infecção, necrose (sofrimento da pele), deiscência (abertura da sutura), queloide, trombose e embolia.

O resultado definitivo da braquioplastia é atingido após 6 meses da cirurgia, período necessário para a acomodação dos tecidos e amadurecimento da cicatriz.

Quer cuidar mais de você?!

Cadastre-se e receba gratuitamente dicas exclusivas de saúde e bem estar.



Clique aqui e agende uma consulta
Dra. Daniela Schmidt Pimentel

Dr. Laercio Guerra

CRM-SP 101095


  • Graduado em Medicina pela Faculdade de Medicina da Universidade de Santo Amaro
  • Residência Médica em Cirurgia Geral pela Universidade de Santo Amaro
  • Residência Médica em Cirurgia Plástica pelo Hospital Beneficência Portuguesa de São Paulo – Serviço Dr. Antonio Carlos Abramo
  • Título de Especialista em Cirurgia Plástica pela Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica
  • Especialista em Cirurgia Plástica no Conselho Federal de Medicina e Associação Médica Brasileira
  • Membro da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica
  • Médico colaborador do Serviço de Cirurgia Plástica Reconstrutora do Hospital do Prenda em Luanda – Angola

Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica

Clínica Ephesus

(11) 5051-4406
(11) 5051-4504


Av. Macuco, 726 Conj. 1401
Moema - São Paulo - SP
CEP 04523-001