A cirurgia plástica da intimidade está conquistando cada vez mais adeptas. O resultado costuma ser satisfatório, já que interfere positivamente com a sexualidade.

A queixa mais comum é a hipertrofia dos pequenos lábios vaginais. Suas causas podem ser congênitas ou adquiridas levando a um desconforto de ordem estética, funcional e emocional. Um grande número de mulheres deixa de ter vida sexual ativa por complexos e vergonha da aparência do seu órgão genital. Outras ficam impedidas de usarem calças jeans, biquínis e roupas de ginástica por constrangimento. Além dos problemas citados, há uma maior probabilidade de contrair infecções e apresentar corrimento vaginal aumentado.

 

Indicações

  • Pequenos lábios volumosos e salientes
  • Grandes lábios caídos e murchos após o envelhecimento
  • Excesso de gordura depositada no púbis
  • Mulheres que se sintam constrangidas no seu desempenho sexual
 

Cuidados pré-operatórios

O paciente deve passar em consulta com seu médico quantas vezes forem necessárias para que realize o procedimento sem qualquer dúvida a respeito da cirurgia e dos resultados.

Exames pré-operatórios normais também são fundamentais para a programação de cirurgia.

A cirurgia não pode ser realizada durante o período menstrual. Comunique seu médico sobre qualquer alteração recente no ciclo.

 

Sobre a cirurgia

A cirurgia para a correção é chamada de ninfoplastia e é considerada uma cirurgia de pequeno porte, realizada até mesmo em nível ambulatorial (sem internação) em alguns casos. A anestesia utilizada pode ser local com sedação ou geral peridural. O tempo cirúrgico é de 1 a 2 horas e não são necessários curativos, não deixa cicatriz aparente e nem provoca perda da sensibilidade local. O retorno às atividades se dá em 2 a 3 dias.

 

Cuidados pós-operatórios

Uma semana após realizar a cirurgia estética vaginal, é importante voltar ao médico para acompanhar a evolução dos resultados. Não é necessário retirar os pontos, o fio cirúrgico utilizado nessa cirurgia é reabsorvível. Para evitar o cansaço e possíveis dores recomenda-se que a paciente prefira banhos de assento e não realize atividades físicas. Relações sexuais são permitidas depois de um mês da realização da cirurgia.

Quer cuidar mais de você?!

Cadastre-se e receba gratuitamente dicas exclusivas de saúde e bem estar.



Clique aqui e agende uma consulta
Dra. Daniela Schmidt Pimentel

Dr. Laercio Guerra

CRM-SP 101095


  • Graduado em Medicina pela Faculdade de Medicina da Universidade de Santo Amaro
  • Residência Médica em Cirurgia Geral pela Universidade de Santo Amaro
  • Residência Médica em Cirurgia Plástica pelo Hospital Beneficência Portuguesa de São Paulo – Serviço Dr. Antonio Carlos Abramo
  • Título de Especialista em Cirurgia Plástica pela Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica
  • Especialista em Cirurgia Plástica no Conselho Federal de Medicina e Associação Médica Brasileira
  • Membro da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica
  • Médico colaborador do Serviço de Cirurgia Plástica Reconstrutora do Hospital do Prenda em Luanda – Angola

Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica

Clínica Ephesus

(11) 5051-4406
(11) 5051-4504


Av. Macuco, 726 Conj. 1401
Moema - São Paulo - SP
CEP 04523-001